quinta-feira, 29 de julho de 2010

A magia das eleições

Em tempos de eleição, questionamos o plano de governo dos candidatos, fazemos um levantamento da vida política pregressa, comparamos a postura de um com o comportamento do outro, enfim, analisamos uma série de detalhes para decidir o voto nas urnas.
Mas tem algo que ocorre nesta época que faz aparecer as ações sociais, as grandes obras, ou seja, parte do plano de governo renasce do papel como uma Fênix que veio das cinzas: é a magia das eleições.
Os ocupantes dos cargos públicos, no ano eleitoral, transformam-se em verdadeiros mágicos que retiram o coelho da cartola, sendo que a mesma encontrava-se vazia durante o espetáculo. Eles fazem verdadeiros milagres acontecerem no período próximo às eleições: surgem casas populares, viadutos, hospitais, escolas, creches e uma infinidade de benefícios para a população, principalmente para as classes menos favorecidas. 
O povo brasileiro escolhe o novo pleito a cada quatro anos, porém se contabilizarmos todas as promessas de campanha e as ações colocadas em prática, constatamos que a maioria dessas mágicas ocorrem no período eleitoral. O objetivo é óbvio: realizar grandes feitos no ano das eleições para a população lembrar-se dos candidatos na hora de digitar o voto na urna.
Os ocupantes dos cargos públicos são ardilosos e sabem que uma grande parcela dos cidadãos são extremamente manipuláveis. Eles usam a dialética, a boa aparência, os sorrisos, os tapinhas nas costas e, quanto mais feitos ostentarem, melhor as chances de arrecadarem os tão esperados votos.
Por isso, o ano das eleições é fundamental para a escolha do candidato, mas devemos levar em conta também o que ele realizou nos anos anteriores. Essa campanha aliada aos últimos trabalhos realizados tornou-se uma "compra de votos" não declarada, já que o interesse dos políticos não é o bem comum e sim uma arrancada para vencer o pleito. Assim sendo, voltamos à ideia do interesse próprio sobrepor as necessidades da população.
O verdadeiro eleitor comprometido com a escolha do melhor candidato deve fazer uma profunda reflexão e não se deixar levar pelas falsas promessas, histórias de grandes realizações _ principalmente no período eleitoral _ para que os coelhos sejam retirados das cartolas durante os quatro anos de mandato e não apenas no último ano a fim de merecerem o salário recebido que é pago com os suados impostos daqueles que escolhem os seus representantes.


14 comentários:

  1. Belo texto, bem escrito e com argumentos bem sustentados. Hoje em dia o Brasil chegou em um ponto que nem e necessario se comprar votos, nao e necessario nem mesmo dar algo em troca deles, tamanha a inocencia do povo brasileiro que a cada dia se mostra despreparado ate mesmo para escolher seus representantes!!!

    Um abraco
    http://meucaonaochupamanga.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto argumentativo !
    Adorei todo o blog..
    http://laysab.blogspot.com/

    Pretendo ser escritora, e gostaria muitíssimo da avaliação de vocês..
    Tenho vários textos e SEI que você vai se identificar com (senão todos) um deles.
    Agradeço desde já, colegas blogueiros!

    Muito atenciosamente,
    Laysa

    Canastrinha de histórias :D

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Laysa e Junim!
    São pessoas como vcs que me fazem continuar escrevendo.
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente há esses "mágicos" que na verdade faz muita gente de palhaço. E nesse circo a plateia, em uma boa parte, contribui para que o "espetáculo" continue (vendendo o próprio voto, por exemplo). É lamentável que isso ainda seja algo tão presente em uma sociedade que vê quase sempre noticiários mostrando a verdadeira magia que esses candidatos fazem.
    E até quando, hem?

    Abraço e sucesso com o blog.

    Se puder...
    http://emsimplespalavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. os programas eleitorais são um pé!

    ResponderExcluir
  6. Você esqueceu de mencionar que eles se utilizam também da religião, das propias familias, e da inocência das pessoas

    uma grande pena que é desse jeito

    amigo, estou concorrendo no premio Eu tenho um Blog da comunidade na categoria Literatura, ficarei muito feliz com seu voto, caso ache que eu mereça. (olha eu usando a táticas dos políticos ^^ Amigo, apelo emocional, rsrsrsr)

    abraços

    ResponderExcluir
  7. Ta chegando a pior epoca do ano!! As eleiçoes! Candidatos sem noçao e povo mais ainda, pq ainda acredita neles apesar de todos escandalos que eles tenham se envolvidos!

    belo blog!
    bjoO...

    ResponderExcluir
  8. É isso aí, Mônica!
    Assino embaixo ao que escreveu. Concordo, concordo e concordo.

    Se todos os brasileiros pensassem dessa forma, não teríamos tantas surpresas desagradáveis na política.

    Continuemos na luta pela conscientização da blogosfera. Quem sabe possamos a partir da NET, fazer uma revolução na realidade?

    Vamos lá!

    Um beijo,
    Fernando Piovezam
    seuanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. olá monica!
    otimo texto!

    mta gente vota nulo tbm
    acho errado,sei la, apesar do governo estar uma blza! uhauha

    continue assim
    bjoss
    ate mais
    http://www.novalexandrianet.blogspot.com/
    http://www.novalexandrianimes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Falou tudo Mõnica. Perfeito texto. Eles nos usam para conseguirem seus votos em ano de eleição, mas temos que ver todo o seu mandato, nao apenas o agora. Infelizmente, o perfil de politico que vc descreveu é o mais comum, diria que uns 95%. Entao e dificil realmente votar nos melhores, pq no final, acaba sempre dando no mesmo '-'

    Qual seria a solução???

    deixo essa pergunta no ar...


    http://www.leontextos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. O problema é que o cidadão brasileiro é muito alienado e fácil de ser manipulado, então basta uma magiquinha aqui e outra ali para focarem iludidos, depois vão as ruas reclamam mas mal percebem que foram eles mesmos que puseram o salafrário no poder . :(

    http://enorah.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. ' O brasileiro diz que vai as ruas protestar, mas na hora é falho. O brasileiro diz que escolherá melhor o próximo candidato, mas na hora é fraco e se deixa ser manipulado pelas falhas políticas e depois com o canditado no poder, que reclamar.
    Talvez, os causadores de tanta falha, seja o próprios candidatos (não todos) porém, a maioria, infelizmente.

    Um voto conciente, e seguro. É assim que tem que ser.

    ResponderExcluir
  13. Oi monica!!
    =] eu aqui dinovo
    passando pra falar que postei sobre enfermagem hj no blog..=]
    da uma passada la depois

    http://novalexandrianet.blogspot.com/

    bjo
    Leticia

    http://novalexandrianimes.blogspot.com/
    blog de animes

    ResponderExcluir

Olá! Sua opinião é muito importante. Comente!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails